segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Overbook na Trans Galvão

Viajar de Barcarena a Belém ficou complicado, principalmente se o passageiro escolher a empresa Trans Galvão.

No último domingo, 28, o publicitário Marcelo Kant passou pelo constrangimento de ser impedido de viajar pela referida empresa de ônibus.

Mesmo chegando ao terminal rodoviário no horário previsto, Marcelo viu o micro-ônibus saindo 3 minutos antes.

Ele conseguiu parar o veículo. Porém, foi informado pelo motorista, que não havia mais vaga para qualquer pessoa ir sentada.

Recorreu ao guichê da empresa. Nada feito. A funcionária da Trans Galvão disse que não devolveria o dinheiro da passagem.

Detalhe: a legislação vigente é clara ao proibir o transporte de passageiros em pé, durante viagens intermunicipais.

5 comentários:

Anônimo disse...

Imagina a cena, que vergonha.

huahuahuahuahua

Anônimo disse...

oi,vc deve esta faltando com a Verdade,sou cliente da referida empresa,e c vc ;perde;a passagen vc embarca no outro Onibus,é c vc não chegar na HORA,ainda espera a HORA certa do Onibus Sai,no HORARIO.

Panzinha disse...

Viajo diariamente nesta empresa há mais de dois anos e nas vezes em que perdi o horário por motivos particulares, minha passagem foi remarcada para o horário seguinte sem nenhum problema, valorizo muito o transporte alternativo e sem eles estariamos totalmentes perdidos pois ele nos dá suporte por ter mais horários que o ônibus, e vc deveria moderar suas palavras ao falar que ficou complicado viajar p/ Barcarena

Anônimo disse...

este cabo, devi de esta de parceria com alguma empresa da Vila dos cabanos,ou e dor de ,,,,,,,,,, ai ai cada um.

Anônimo disse...

Tenho certeza qe vc esta sendo APOIADO por auguma EMPRESA concorente, da referida injusta empresa qe vc qer,e não vai DERUBAR.Pena sinto de vc,FELIS NATAL.......