sábado, 5 de setembro de 2009

Padre se cala durante depoimento na CPI

O perigo mora ao lado. Logo na esquina. Na casa paroquial de Icocaraci, local onde o padre George França realiza orgias sexuais com adolescentes.

Ontem, o “religioso” calou-se na Assembléia Legislativa, durante interrogatório da CPI da pedofilia. Com a atitude, condenou a si próprio.

Se o Brasil é o pais das contradições, o que dizer do Pará?

Aqui, bispos são ameaçados por denunciar o abuso sexual de crianças e adolescentes. Enquanto isso, o padre George promove bacanais debaixo de nossos narizes.

A igreja deve-nos explicações.

3 comentários:

DELLIO MINORI-S.PAULO disse...

A RELIGIÃO CATÓLICA É ISSO. MAS SE PADRE ENGRAVIDASSE SEM DUVIDA ELES JÁ TERIAM TOMADO ALGUMA PROVIDÊNCIA

Socorro disse...

É interessante com que facilidade algumas pessoas conseguem julgar, criticar outras sem critério algum, sem conhecimento de causa. Que direito se tem de criticar a religião de outros como se fossem donos da verdade, perfeitos? Cada um deve viver sua própria religião e seguir o Evangelho como manda Jesus Cristo.Sobre o Pe.George, eu o conheço e vocês o conhecem? Por conhece-lo, sei que nada disso é verdadeiro, como vocês que nem daqui são podem julgá-lo?

cristina disse...

Nós que moramos nesta comunidade e conhecemos o caráter eo trabalho pastoral que este homem desenvolve
nesta comunidade jamas acreditariamos em tamanha calúnia, sabemos sim que ele está sendo vítima desse circo que armaram pra jogar seu nome na lama, mas o seu povo está com o sr pe.george e nunca vai lhe abandonar pq nós da paróquia de Fátima te amamos.